Banco de Indisponibilidade de Bens, alimentado pela CGJ/RJ, arrecadou mais de R$6 milhões para Fundo Especial

Banco de Indisponibilidade de Bens, alimentado pela CGJ/RJ, arrecadou mais de R$6 milhões para Fundo Especial

A Assessoria de Normatização da Corregedoria-Geral da Justiça (ASCGJ) tem como atribuição diversas tarefas essenciais para garantir o cumprimento das decisões judiciais e administrativas. Uma delas é alimentar Banco de Indisponibilidade de Bens – BIB, que arrecadou, apenas neste ano, mais de R$6 milhões para o Fundo Especial do TJ-RJ.

O BIB tem como objetivo dar publicidade às constrições patrimoniais imobiliárias. O valor é arrecadado a partir da cobrança de emolumentos feitas pelos Serviços Extrajudiciais para consulta do banco.

O serviço de consulta só é possível graças à eficaz alimentação do Módulo de Apoio aos Serviços – MAS, feita pela Assessoria de Normatização, a partir da elaboração e publicação de avisos comunicando a indisponibilidade, sequestro, arresto de bens e direitos imobiliários e respectivos levantamentos de constrição patrimonial.

A Assessoria de Normatização também participou da elaboração do Repositório de Publicações Judiciais e Extrajudiciais, conforme determinado pelo Corregedor-Geral, desembargador Bernardo Garcez. Os repositórios consistem no levantamento de todos os atos publicados pela Corregedoria, no intuito de melhorar a contínua prestação das atividades, bem como manter a capacitação dos servidores. 

Repositório de Publicações Extrajudiciais, elaborado em parceria com Diretoria-Geral de Fiscalização e Apoio às Serventias Extrajudiciais (DGFEX), consiste em uma planilha organizada por data de publicação, atribuição extrajudicial e ementa, a fim de facilitar a pesquisa.  

A ASCGJ também está elaborando o Repositório de Publicações Judiciais, uma compilação de normas da Corregedoria Geral de Justiça editadas no biênio 2019/2020, que será disponibilizada com índice remissivo por palavras e/ou expressões visando facilitar a consulta dos atos.

De modo geral, toda atuação da Assessoria de Normatização ao longo de 2020 resultou na análise e processamento de 260 procedimentos administrativos físicos e 410 procedimentos eletrônicos (SEI), totalizando 670 procedimentos administrativos e 131 expedientes.  

Além disso, elaborou, publicou e certificou 443 avisos e, por controlar a numeração dos avisos publicados pela CGJ, forneceu 888 números de avisos até o momento.

Fonte: Ascom CGJRJ



Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support