Inscrições para o 85º Encoge foram prorrogadas até terça (23)

Inscrições para o 85º Encoge foram prorrogadas até terça (23)

As inscrições para a 85ª edição do Encontro do Colégio Permanente de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça foram prorrogadas até terça-feira (23/3). A medida atende a alguns pedidos, em razão da recente liberação para participação também de assessores e de assessoras que compõem o corpo técnico das corregedorias.

A extensão ao corpo técnico visa ampliar a representação de cada corregedoria da Justiça nas oficinas, promovendo o intercâmbio de forma plena em todos os temas debatidos. As inscrições precisam passar pela indicação do corregedor ou da corregedora de cada estado e cada órgão poderá inscrever representantes em todas as 10 oficinas temáticas.

O evento, no entanto, segue com sua programação inalterada. Com o tema “Cooperação Judicial e Administrativa entre os Órgãos do Poder Judiciário”, será realizado no dia 25 de março, em formato virtual, a partir da 8h30. A palestra magna “Cooperação Judicial na Atualidade”, que acontece na abertura Encontro, será proferida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes.

Os trabalhos serão presididos pelo corregedor da Justiça do Maranhão e presidente do Colégio, desembargador Paulo Velten. A solenidade de abertura deverá reunir o colegiado da entidade e terá a participação da ministra corregedora nacional da Justiça, Maria Thereza de Assis Moura, e outras autoridades convidadas. 

PROGRAMAÇÃO DAS OFICINAS TEMÁTICAS

Além dos painéis, a programação oficial também conta 10 oficinas paralelas para juízes e juízas e assessores e assessoras que tenham a indicação pelos corregedores e pelas corregedoras. As oficinas serão realizadas simultaneamente, motivo pelo qual o interessado ou interessada só poderá se inscrever para uma delas (CLIQUE PARA SE INSCREVER).

Estão confirmadas as oficinas:

– Projetos da Agenda 2030
– Atuação em conformidade com a LGPD no âmbito judicial e extrajudicial
– Atendimento ao público durante a pandemia;
– Juízo 100% Digital – mais serviços, menos prédios;
– Plataforma digital e uso da Inteligência Artificial;
– Juízo das garantias e audiências de custódia por videoconferência;
– Agilidade e segurança nos processos de adoção;
– Gestão com vistas à redução do acervo das unidades fazendárias;
– Interinidade nas serventias extrajudiciais;
– Plantão judicial e cumprimento das medidas protetivas de urgência da Lei Maria da Penha.

Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça
asscom_cgj@tjma.jus.br
asscomcgj@gmail.com

Tags:
,


Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support